Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

segunda-feira, 25 de maio de 2015

OBRA DE EMMANUEL / CHICO XAVIER GANHA PRÊMIO LITERÁRIO NOS ESTADOS UNIDOS COMO ” LIVRO CRISTÃO ILUMINADO”


Queridas irmãs e irmãos,
Muita paz!
Com imensa alegria e emoção, compartilhamos com vocês que o livro “Our Daily Bread” (Pão Nosso, de Emmanuel / Chico Xavier), recebido em 1950 e publicado pela FEB no idioma português e agora, traduzido para o inglês por Darrel Kimble e Ily Reis distribuído pela Edicei of America, ganhou a medalha de Bronze na categoria Literária “Christian Thought”, no 2015 Illumination Book Award! (Prêmio do Livro Cristão Iluminado)
Em setembro de 2014 a Edicei of America contactou críticos e especialistas para analise deste tipo de literatura, e submeteu algumas obras, tais como Paul & Stevan,(Paulo e Estevão) Our Daily Bread,(Pão Nosso) dentre outros, esperando alguma resposta positiva ao trabalho mediúnico do nosso queridíssimo médium espírita.
Uma imensa quantidade de livros, de diversas fontes e escritores, foi enviada para esta instituição que faz a leitura e a analise, para posteriormente, emitir parecer a respeito. Our Daily Bread (Pão Nosso) ficou, em terceiro lugar em todo os Estados Unidos.
OURO – (GOLD) : The Scrolls Illuminated: An Illuminating Presentation of Solomon’s Song of Songs, Ruth, Lamentations, Ecclesiastes and Esther from the Bible, by Fiona Pfennigwerth (Self-Published)
PRATA – (SILVER) : Reconcilable Differences: Two Friends Debate God’s Roles for Women, by Nancy Parker Brummett and Alice Scott-Ferguson (Life Journey)
BRONZE: Our Daily Bread, by Francisco Candido Xavier (EDICEI of America)
O nome de Francisco Cândido Xavier passa, agora, a destacar-se com mais força no território norte americano, e quem sabe, novos desdobramentos positivos estão por vir.
Há outros planos de marketing e estratégias de divulgação das obras do Chico que estamos implementando, e em breve, teremos as respostas destas investidas. Orem meus amigos. Precisamos das suas orações!
Esta informação será compartilhada em âmbito nacional, pois a própria instituição que condecorou a obra com a medalha de bronze, emitirá informação para a imprensa dirigida aos distribuidores de livros e livrarias dos Estados Unidos.
Nos emocionamos em pensar que a obra monumental dos nossos inigualáveis Emmanuel / Chico Xavier ganham espaço no maior mercado literários do mundo.
Elevamos nossos pensamentos em gratidão ao alto!
Muita paz a todos! E que Jesus nos abençoe a todos!

Andreia e Marcelo Netto
Edicei* of America
*Edicei é a editora de livros do Conselho Espírita Internacional – CEI
 

domingo, 10 de maio de 2015

MÃE

   

   Um dia, a Mulher solitária e atormentada chegou ao Céu e, rojando-se, em lágrimas, diante do Eterno Pai, suplicou: - Senhor, estou só! Compadece-te de mim. 
   Meu companheiro fatigado, cada dia, pede-me repouso e devo velar-lhe o sono! Quando triunfa no trabalho, absorve-se na atividade mais intensa e, muita vez distraído, afasta-se do lar, onde volta somente quando exausto, a fim de refazer-se. Se sofre, vem a mim, abatido buscando restauração e conforto... 
   Tu, que deste flores ao arvoredo e que abriste as carícias da fonte, no seio escuro e ressequido do solo, consagras-me, assim, ao isolamento? Reservaste a Terra inteira ao serviço do homem que se agita, livre e dominador, sobre montes e vales, e concedes a mim apenas o estreito recinto da casa, entre quatro paredes, para meditar e afligir-me sem consolo? Se sou a companhia do homem, que se vale de mim para lutar e viver, quem me acompanhará na missão a que me destinas? 
   O Senhor sorriu, complacente, em seu trono de estrelas fulgurantes e, afagando-lhe a cabeça curvada e trêmula, falou compadecido: 
   - Dei o mundo ao homem, mas confiarei a vida ao teu coração. 
   Em seguida colocou-lhe nos braços uma frágil criança. Desde então, a Mulher fez-se Mãe e passou a viver plenamente feliz.

                                                                                                        Meimei