Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

domingo, 23 de junho de 2013

GEI - Grupo de Estudos para Iniciantes


O GEI (Grupo de Estudos para Iniciantes) é um grupo de estudos para iniciantes na Doutrina Espírita e que, posteriormente, serão encaminhados para o ESDE (Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita) onde o estudo é sistematizado e com um currículo formal.
O GEI, por isso mesmo, não segue um programa específico, procurando atender às solicitações de assuntos feitas pelos participantes.
O GEI também não tem carga horária e cronograma para término de determinado assunto. Trabalha-se o tema com calma, de forma interativa, deixando o grupo discutir e opinar à vontade, sendo esclarecido pelo coordenador.

O coordenador-expositor tem sido o companheiro José Odalides Gonçalves de Oliveira.
Quando não há nenhuma solicitação os coordenadores escolhem um tema.
Assim é que, este ano, o GEI foi iniciado com o tema “O que é o Espiritismo”, escolhido pelos coordenadores, que tinham em mente, seguir trabalhando os princípios básicos da Doutrina.
Mas foi solicitado pelos participantes o tema “Homossexualidade na visão Espírita”. O estudo foi muito produtivo.
Em seguida, foi trabalhado o tema “Medos e Fobias”, também solicitado por componente do grupo.
O próximo tema, será “A Prece”, escolhido pelos coordenadores, se não houver outra solicitação!
Helaine Laender - Coordenadora DCSE

sábado, 22 de junho de 2013

Grupo Musical Francisco de Assis - Mensagem Fraterna





Mensagem Fraterna
 

Meu irmão: tuas preces mais singelas
São ouvidas no espaço ilimitado,
Mas sei que às vezes choras, consternado,
Ao silêncio da força que interpelas. 
 
Volve ao teu templo, interno abandonado,
- a mais alta de todas as capelas -
E as respostas mais lúcidas e belas
Hão de trazer-te alegre e deslumbrado.

 
Ouve o teu coração em cada prece.
DEUS responde em ti mesmo e te esclarece
Com a força eterna da consolação;

 
Compreenderás a dor que te domina,
Sob a linguagem pura e peregrina
Da voz de Deus, em luz de redenção.
 
Auta de Souza

Poema cantado no Seminário Prece - CEJG

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Seminário Prece: 3° Parte


 
Na parte final do Seminário Prece, ocorrida no dia 16/06/2013, o coral AME mais uma vez  harmonizou o ambiente com belas músicas doutrinárias.

O facilitador César Henrique introduziu o assunto da noite fazendo um breve resumo sobre as qualidades da prece vistas no domingo anterior. Em seguida adentrou o tema proposto citando a seguinte frase de Emmanuel: "Ninguém pode imaginar, enquanto na Terra, o valor, a extensão e a eficácia de uma prece nascida na fonte viva do sentimento." (Livro: Palavras de Emmanuel), conduzindo uma reflexão acerca do sentido da palavra sentimento com definições de Chico Xavier, León Denis e Lázaro.

Diversas partes do texto do Evangelho foram ressaltadas, dentre as quais citamos: “Seja o que for que peçais na prece, crede que o obtereis e concedido vos será o que pedirdes.” (São Marcos, XI, 24).

É certo que nossas súplicas não podem mudar as leis divinas, mas não podemos crer que tudo está submetido à fatalidade, sendo possível que Deus aceda a certos pedidos sem perturbar a harmonia de suas leis. Mas não basta pedir para receber, uma vez que Deus sabe o que é melhor para o nosso bem. O que Deus nos concederá sempre é a coragem, a paciência, a resignação.

O hábito da prece nos ajuda a evitar atitudes que possam nos comprometer inclusive para outras existências.

“Renunciar alguém à prece é negar a bondade de Deus; é recusar, para si, a sua assistência e, para com os outros, abrir mão do bem que lhes pode fazer.”

“O dever primordial de toda criatura humana, o primeiro ato que deve assinalar a sua volta à vida ativa de cada dia, é a prece.”

“Pedi, pois, antes de tudo, que vos possais melhorar e vereis que torrente de graças e de consolações se derramará sobre vós.”

“A prece do dia é o cumprimento dos vossos deveres, sem exceção de nenhum, qualquer que seja a natureza deles.”

O evento foi encerrado com o sorteio de dois exemplares de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” entre os presentes.

Este Seminário foi idealizado pelo Departamento como alternativa para as noites de domingo e foi muito bem aceito pelo público participante.

sábado, 15 de junho de 2013

Seminário Prece: 2° Parte


            Introduzindo a segunda parte do Seminário Prece, que ocorreu no dia 09/06/13 às 19h30 no Centro Espírita Joseph Gleber, César Henrique fez uma breve reflexão sobre o poema de Auta de Souza intitulado “Mensagem Fraterna”, cantado mais uma vez por Gilson e Iago. Em seguida, adentrou o capítulo XXVII de O Evangelho Segundo o Espiritismo – Pedi e Obtereis, explanando acerca das qualidades da prece.
Dentro do texto, o facilitador da noite enfatizou que Jesus nos ensinou que não se deve orar muito, ou seja, utilizando uma multiplicidade de palavras, já que o que importa é a sinceridade delas. E ainda que antes de orarmos devemos perdoar os inimigos, uma vez que a prece agradável a Deus deve partir de um coração purificado de todo sentimento contrário à caridade.
“Mas então, se nosso coração não está purificado não devemos orar?”, perguntou um ouvinte. “A prece é um ato de humildade. Devemos trabalhar nosso íntimo e buscar ajuda por meio da prece para sermos melhores”, explicou César.
Também foram citadas as questões 658 e 661 de O Livro dos Espíritos: “... As boas ações são a melhor prece, por isso que os atos valem mais que as palavras.” “... A prece é sempre agradável a Deus, quando ditada pelo coração, pois, para Ele, a intenção é tudo.”
             Com participação dos ouvintes, a reunião transcorreu em clima de muita harmonia. Ao final, Macilene, coordenadora do Departamento de Estudos, agradeceu a presença de todos, dando boas-vindas aos que visitavam a casa pela primeira vez e sorteou dois Evangelhos para os participantes.
Para encerrar o Seminário no próximo domingo, 16/06, César trabalhará a eficácia da prece.

terça-feira, 11 de junho de 2013

2° Etapa da Campanha de Leitura das Obras Básicas


O CÉU E O INFERNO


Por mim mesmo juro — disse o Senhor Deus — que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva.”  (Ezequiel, 33:11.)
 
 
Este quarto livro que compõe a Doutrina Espírita tem como subtítulo "A Justiça Divina segundo o Espiritismo".
Sua origem está na última parte de O Livro dos Espíritos, onde os Espíritos e o codificador se preocupam com as Esperanças e Consolações e a Lei de Causa e Efeito.
Na primeira parte: Céu, Inferno, Anjos e Demônios, e a Lei de Ação e Reação mostram as inúmeras nuanças que cercam este princípio universal.
Na segunda parte, apresenta mensagens de Espíritos desencarnados que se comunicaram na Sociedade Espírita de Paris.
 
Período de leitura: 09/06/2013 a 31/08/2013
Realização: DE - Departamento de Estudos

 

Palestras CEJG - Junho/13

DATA
HORA
T   E   M   A
FACILITADOR
02 - DOM
08:30
 A BRANDURA - INSTRUMENTO DA PAZ
ÁGUIDA EMÍLIA
05 - QUA
20:00
LE-177 a 178-B: ENCARNAÇÃO NOS DIFERENTES MUNDOS
MACILÉA OLIVEIRA
07 - SEX
20:00
GRATIDÃO A DEUS
CHAMES CONCEIÇÃO
09 - DOM
08:30
O CÉU E O INFERNO
GILVONETE PEREIRA
12 - QUA
20:00
O CÉU E O INFERNO
MYRIAN OLIVEIRA
14- SEX
20:00
O CÉU E O INFERNO
MACILENE OLIVEIRA
16 - DOM
08:30
BAZAR BENEFICENTE
EDMILSON PEREIRA
19 - QUA
20:00
LE-179 a 182:  ENCARNAÇÃO NOS DIFERENTES MUNDOS
FABIANO MUNIZ
21 - SEX
20:00
DEIXAR AOS MORTOS O CUIDADO DE ENTERRAR SEUS MORTOS
JUSELMA COELHO
23 - DOM
08:30
A CÓLERA
CHAMES CONCEIÇÃO
26 – QUA
20:00
LE-183 a 188:  ENCARNAÇÃO NOS DIFERENTES MUNDOS
VALDENICE MEIRA
28 – SEX
20:00
NÃO VIM TRAZER A PAZ, MAS A ESPADA
MARLY RANGEL
30 - DOM
20:00
OBEDIÊNCIA E RESIGNAÇÃO
MACILENE OLIVEIRA

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Seminário: A Promoção Social no Centro Espírita


Seminário

A Promoção Social no Centro Espírita
 


“Sede, portanto, caridosos, não somente dessa caridade que vos leva a tirar do bolso o óbolo que friamente atirais aos que ousam pedir-vos, mas ide ao encontro das misérias ocultas.”(Vicente de Paulo - L.E. questão 888-a)

 

Expositor: Juselma Maria Coelho

Local: Centro Espírita Joseph Gleber

Data: 22 e 23 de junho de 2013

Horário: 15:00h as 19:00h (sábado)

              09:00h as 12:00h(domingo)

 

Realização: DE /DAPSE/ DCSE

 

Seminário: Prece - 1° Parte

   A primeira parte do Seminário Prece ocorreu no dia 02/06/2013 das 19h30 às 21h no Centro Espírita Joseph Gleber em clima de muita paz e harmonia.
   O evento teve início com apresentações musicais do companheiro Gilson e do coral AME, com destaque para o poema "Mensagem Fraterna" de Auta de Souza, constante do livro Parnaso de Além Túmulo, cantado por Gilson e Iago.
   Como introdução ao tema que será tratado em três domingos consecutivos, César Henrique comentou o capítulo 6 do livro Missionários da Luz intitulado "Em Oração", enfatizando que a prece é o mais poderoso antídoto que combate o vampirismo, traçando fronteiras vibratórias e descortinando forças ignoradas.
   Várias partes da obra foram destacadas e muito bem examinadas, dentre elas: "O santuário doméstico que encontre criaturas amantes da oração e dos sentimentos elevados converte-se em campo sublime das mais belas florações e colheitas espirituais".
"... A criatura que ora, mobilizando as próprias forças, realiza trabalhos de inexprimível significação..." Missionários da Luz
   César citou ainda trechos da Revista Espírita de Julho de 1861, justificando o desejo de se estudar o capítulo XXVII de O Evangelho Segundo o Espiritismo.
   O encontro ainda será realizado nos dias 9 e 16/06/13 e o Departamento de Estudos convida a todos para participarem.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Participação do 12° CRE na CONBRAJE

  

   Foi encerrada no dia 02 de junho a Confraternização Brasileira de Juventudes Espíritas – Comissão Regional Centro, em Goiânia, promovida pelo Conselho Federativo Nacional da FEB, e operacionalizada por sua Área de Infância e Juventude. Compareceram cerca de 400 jovens representantes das Entidades Federativas Estaduais de Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins.
   Ocorreram apresentações de teatro pelo grupo In-Cena e do Coral Irradiação, ambos de Goiânia. Apresentações das representações dos Estados sobre personagens do livro “Paulo e Estêvão”, pois o tema central foi “Senhor, que queres que eu faça?”, várias oficinas de trabalho, inclusive com os coordenadores de DIJs com Sandra Borba (RN), conhecimento sobre o livro “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho”, e palestra pelo presidente da FEB Antonio Cesar Perri de Carvalho sobre “Protagonismo Juvenil no Movimento Espírita”. (www.febnet.org.br)
   Da nossa região (12° CRE) participaram as jovens Carolina Camargos - Teófilo Otoni, Carolina Xavier - Nanuque, Letícia Gualberto e Thays Myrea - Teófilo Otoni, bem como Francisca Helena - Coordenadora de Juventude do CEJG.

Comemorações Espíritas em Crisólita/MG



Palestra com Juselma no CEJG


CENTRO ESPÍRITA JOSEPH GLEBER

A p r e s e n t a :

 



 

Expositora:    JUSELMA MARIA COELHO

 

Reflexão:       Deixai aos Mortos o Cuidado

                        de Enterrar  os  Seus  Mortos

 

Disse a outro:  “Segue-me” ;  e o outro respondeu: Senhor, consente que, primeiro, eu vá enterrar meu pai”. Jesus lhe retrucou: “Deixa aos mortos o cuidado de enterrar seus mortos; quanto a ti, vai anunciar o reino de Deus.                 (LC, 9:59-60)
Não te preocupes com o corpo, pensa antes no Espírito; vai ensinar o reino de Deus; vai dizer aos homens que a pátria deles não é a Terra, mas o céu, porquanto somente lá transcorre a verdadeira vida.                   (ESE)
 

 

Em 21/06/2013 (sexta-feira) às 20 horas

Local: Centro Espírita Joseph Gleber

Rua Coronel Ramos, 55-Fátima-Teófilo Otoni/MG

sábado, 1 de junho de 2013

NOSSO JARDIM

      
       Há dezesseis anos, nesta cidade, um solo foi ensementado com a Mensagem Divina.

De forma muito tímida, nosso jardim surgiu e começou a crescer.
Hoje, passados todos estes anos, o nosso jardim encontra-se florido.
São flores que já desabrocharam e estão perfumando, flores mimosas e delicadas que necessitam de mais cuidado, rosas que tem espinhos e precisam ser trabalhadas e aqueloutras que estão crescendo, ainda em pequenos brotos.
Que a força do trabalho seja a gota de luz, para que neste jardim possam germinar muitas outras flores, inebriando os corações daqueles que nele aportam.
Neste canteiro de luz temos o sublime jardineiro: Jesus.
Que possamos tê-Lo como a nossa base segura, fortificados na Codificação Kardequiana, para que o nosso trabalho possa continuar progredindo, florescendo e frutificando, pela oferta do alimento material e, sobretudo, do alimento espiritual àqueles que necessitam.
Matenhamo-nos unidos. Falemos a mesma língua, a linguagem do amor.
Que de nossas mãos possam verter o trabalho...
Das nossas bocas as palavras de afeto...
Dos nossos pés o serviço no bem...
Que todos nós possamos, irmanados no Evangelho de Jesus, prosseguir acendendo nossa luz e brilhando-a cada vez mais, a fim de darmos o testemunho, arrastando multidões.
Diante do trabalho, não descoroçoemos.
Não percamos a rota segura, não desviemos da estrada real, entrando por atalhos.
Que possamos prosseguir seguros e apoiados no Santo Evangelho, servindo sempre. 
Estamos ombro a ombro, lado a lado, caminhando sempre convosco, a fim de que as atividades sejam pautadas invariavelmente nas bases doutrinárias do amor.
Recebam, meus queridos filhos, nosso abraço fraternal.
Que as rosas mimosas do Mundo Espiritual possam cair sobre todos, a fim de que o perfume do amor os inebrie e os fortaleça na caminhada.
E na simbologia, enquanto flores do nosso jardim, continuemos perfumando os caminhos de todos aqueles que estão a nossa volta.
Estamos em festa!
Amigos de ontem e de hoje aqui reunidos.
Nosso beijo afetuoso!

 

Irmã Scheilla


 (Mensagem psicografada pelo médium e orador espírita Wellerson Santos, no dia 23 de maio de 2013, por ocasião do 16º. Aniversário do Grupo Espírita Irmã Scheilla de Teófilo Otoni/MG).