Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

sábado, 6 de abril de 2019

ABORTO NÃO!





“Qual o primeiro de todos os direitos naturais do homem? - O de viver. Por isso é que ninguém tem o de atentar contra a vida de seu semelhante, nem de fazer o que quer que possa comprometer-lhe a existência corporal.”
(O Livro dos Espíritos, Allan Kardec - Questão 880)
A temática do aborto e os debates sobre a sua descriminalização no Brasil têm gerado muitas discussões e embates nos meios político e religioso – e sobretudo, social, através da internet. No que tange à Doutrina Espírita, a posição contra o aborto é bem clara.
Porém, até mesmo no Movimento Espírita, é necessário trazer o assunto ao diálogo e à reflexão com materiais embasados doutrinariamente.
Por isso, a Federação Espírita Brasileira (FEB) lançou a cartilha “Em Defesa da Vida: Aborto, diga não”, que apresenta fundamentos obtidos das principais fontes espíritas, além de diversos argumentos e embasamentos jurídicos sobre a proteção da vida humana e o respeito aos direitos naturais do homem, como o de viver.
O material é gratuito e acessível a todos que desejam compartilhá-lo.
A FEB, juntamente às Federativas Estaduais, Conselhos Regionais, Alianças Municipais e Casas Espíritas de todo o país, pretende ampliar ao máximo esse esclarecimento, além de demonstrar que as Leis Humanas devem se aproximar da Lei Natural (ou Divina), sendo certo que a proteção da vida humana deve ocorrer desde a concepção.

DEFESA DA VIDA
A Cartilha integra a Campanha Permanente “Em Defesa da Vida”, criada e divulgada pela Federação Espírita Brasileira há mais de 20 anos, que traz materiais com orientações dos Espíritos sobre muitos temas importantes em nosso contexto social, entre eles: aborto, suicídio, eutanásia, violência, e vida familiar.

Fonte: www.uemmg.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário