Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Aniversários das Casas de Joseph Gleber e Joaquim Portugal

        
           No período de 08 a 11/08/2013, as Casas Espíritas de Joaquim Portugal e Joseph Gleber, celebraram respectivamente, 45 e 58 anos de existência, espargindo a Verdade e o Amor, harmonizando e consolando corações nos dois planos da vida.
          Durante as palestras e seminários, as duas Casas recepcionaram os companheiros da União Espírita Mineira, Afonso Chagas e Nelma Lúcia, que ofertaram a uma avultosa e atenta assembleia, orientações do Evangelho de Jesus traduzidas à luz do Consolador Prometido, à luz da Doutrina Espírita.
Finalizando as comemorações, no Centro Espírita Joseph Gleber sob a direção da Equipe de Artes daquela Casa, realizou-se num clima de paz e muita emoção o Sarau de Luzes, com declamações, dramatizações, homenagens àqueles que colaboraram na edificação da Casa e depoimentos retratando a história da Instituição, com destaque à dissertação histórica proferida pela companheira Margarida Rangel, numa viagem às origens, desde o lançamento da pedra fundamental aos dias de hoje.
Destacamos a sinergia entre os coordenadores das duas Casas no tocante à realização destes eventos de forma compartilhada, contribuindo para a unificação dos trabalhadores e consequentemente fortalecendo o Movimento Espírita na nossa região.
Nosso desejo é que, felizes e motivados com as orientações recebidas; equilibrados e harmonizados pelos bons fluidos reinantes nos ambientes dos eventos; possamos buscar manter vivos em nossos atos, o aprendizado e os nobres influxos recebidos.
Cabe-nos, com imenso sentimento de gratidão, reverenciar os mentores espirituais Joaquim Portugal e Joseph Gleber e suas falanges de abnegados benfeitores pelo amparo que nos é dirigido sempre; ao nosso Irmão Maior, o nosso Mestre Jesus pela compreensão e misericórdia quanto ao nosso atual estágio evolutivo; e, ao nosso Pai Celestial, Inteligência Suprema que acredita na evolução de cada filho Teu.
Nilton Maia - DCSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário