Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

terça-feira, 11 de junho de 2013

2° Etapa da Campanha de Leitura das Obras Básicas


O CÉU E O INFERNO


Por mim mesmo juro — disse o Senhor Deus — que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva.”  (Ezequiel, 33:11.)
 
 
Este quarto livro que compõe a Doutrina Espírita tem como subtítulo "A Justiça Divina segundo o Espiritismo".
Sua origem está na última parte de O Livro dos Espíritos, onde os Espíritos e o codificador se preocupam com as Esperanças e Consolações e a Lei de Causa e Efeito.
Na primeira parte: Céu, Inferno, Anjos e Demônios, e a Lei de Ação e Reação mostram as inúmeras nuanças que cercam este princípio universal.
Na segunda parte, apresenta mensagens de Espíritos desencarnados que se comunicaram na Sociedade Espírita de Paris.
 
Período de leitura: 09/06/2013 a 31/08/2013
Realização: DE - Departamento de Estudos

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário