Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

A autodestruição pelas drogas

Este foi o tema do segundo dia da XVIII Semana Espírita de Teófilo Otoni, apresentado pelo confrade Evaldo Santana da cidade de Divinópolis/MG, seguindo a proposta de abordagem relacionada à campanha de valorização da vida aliada à comemoração dos 160 anos de Codificação da Doutrina Espírita.
A noite de luz se iniciou com uma belíssima apresentação do companheiro Leonardo de Deus, da cidade de Poté/MG, que brindou ao todos com duas composições de Bach tocadas ao violão.
O tema foi introduzido pela organização do evento com a questão 645 de O Livro dos Espíritos, que nos esclarece que muito embora o homem esteja mergulhado na atmosfera do vício, o mal não se lhe configura um arrastamento irresistível.
Seguem abaixo, de forma sintética, alguns tópicos tratados por Evaldo Santana durante a palestra:
Ø Falou sobre “vício e dependência”, enfatizando que todas as tendências podem ser transformadas.
Ø  Tratou dos “vícios e paixões”, trazendo a questão 908 de O Livro dos Espíritos, que define o limite em que as paixões deixam de ser boas ou más.
Ø  Mostrou a dependência química nos dias atuais, caracterizando-a como um mal endêmico, que está em todos os lugares e classes sociais.
Ø  Salientou que mais de 29 milhões de brasileiros são dependentes químicos, o que a torna também um problema de saúde pública.
Ø  Trouxe as causas desse mal as dividindo em: psicológicas, sociais, congênitas ou genéticas, esclarecendo todavia que cientificamente, não há uma resposta definitiva sobre a causa.
Ø  Falou sobre os aspectos comportamentais da dependência química na ótica espírita e a finalidade da reencarnação perante os vícios.
Ø  Indicou o livro “Juventude interrompida” que contém relatos de jovens que desencarnaram precocemente, vítimas de si mesmos, coletados pela Associação Médico Espírita.
Ø  Traçou o perfil psicológico do dependente químico, esclareceu o problema da sintonia e das influências apresentadas nas questões 459, 472 e 910 de O Livro dos Espíritos.
Ø  Enfatizou os princípios educativos do Espiritismo e sua contribuição para superação desse grave problema.
Ø  Analisou a recomendação evangélica de amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, concluindo com o versículo de Mateus no capítulo XI, versículo 28 que diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.”


Paralelamente à palestra na sede social do Automóvel Clube continua acontecendo a Semaninha que se estende até sexta-feira, dando oportunidade às crianças de serem evangelizadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário