Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Os tesouros do tempo

Não menosprezes irmão amigo, a oportunidade bendita de serviço que te é concedida na seara sagrada do Mestre, relegando ao abandono e a ferrugem a ferramenta que te é oferecida para que a bênção do serviço te ilumine a estrada.
Aproveita agora enquanto as luzes do Senhor te clareiam a senda e possuis a bênção da saúde e do equilíbrio e procura realizar com Jesus a tarefa que te aguarda na solução feliz de levar o sol da caridade para aquecer os lares onde faltam o pão e o remédio.
Leva o Evangelho divino aos corações que permanecem estacionados no mal como águas estagnadas de um lago inútil!
Guarda disposição e bom ânimo, pois não te faltam os recursos iluminativos com que poderás conduzir muitas ovelhinhas transviadas ao redil divino.
O amanhã não deverá ser a eterna promessa constantemente adiada para realização dos ideais cristãos que agasalhas carinhosamente na alma.
Volta teu coração já, agora, para o Mestre Jesus e não deixes que passe mais nenhum minuto, pois os tesouros do tempo são bênçãos que jamais podemos buscar no passado para reparar o que foi perdido inutilmente.
Abraça na doutrina cristã que tanto amas as tarefas do bem e do amor e vem trabalhar nesta Seara Bendita para que colhas depois a felicidade real que almejas e a tranquilidade e a paz com Jesus para sempre.

Joseph Gleber

Nenhum comentário:

Postar um comentário