Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações. (Allan Kardec - E.S.E, XVII, 4)

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Solidariedade x Responsabilidade


Queridos irmãos, que a paz do Senhor esteja em vossos corações,
Obreiros queridos desta casa que por misericórdia do Pai foi confiada à minha orientação, sei quão grandiosa é a responsabilidade que vos pesa sobre os ombros de trabalhadores, que imbuídos da mais digna e santa responsabilidade procuram preservar esta Casa dos desvios de toda sorte que se faz alvo a toda obra do Mestre Jesus.
Contudo irmãos amados, apesar das investidas constantes daqueles irmãozinhos menos esclarecidos, as forças do bem estão alertas, preservando os pórticos dessa Casa Bendita, onde a caridade, a solidariedade e o amor universal são sempre forças do bem a garantir-lhes toda proteção e segurança do nosso plano.
Continuem, pois, firmes e confiantes, dando sempre o carinho fraternal de vossos corações aos irmãozinhos necessitados que batem a estas portas quais enfermos que vergastados pela invigilância, muitas vezes comum nos caminhos árduos da vida, são também merecedores da oportunidade bendita de renovação para se recuperarem e se reerguerem para as tarefas integrando-se às fileiras dos obreiros do Cristo.
Muitos baterão às portas desta Casa neste momento em que as atribulações do mundo aumentam assustadoramente.
Estejais, pois, preparados para ajudá-los no reerguimento e concedendo novas oportunidades, muitas vezes perdidas em existências outras, ou mesmo na atual, mas sempre aquele que realmente se acha preparado para renovação íntima deve marchar confiante dando tudo de si mesmo para valorizar os momentos atuais de regeneração e serviço, elevação e progresso na jornada transitória da vida terrena.
Amigos de meu coração, sensibiliza-me a dedicação, a abnegação com que enfrentais o leme da embarcação da solidariedade e do amor fraterno no encapelado mar da vida, enfrentando as mais temíveis tempestades íntimas, mas sempre a postos nesta Casa, defrontando com o sofrimento e a angústia dos irmãos que aqui aportam e sufocando as próprias dores escondendo as próprias lágrimas, para ajudar incansavelmente, estendendo as mãos amigas aos vossos irmãos e enxugando-lhes as lágrimas carinhosamente.
Alegro-me de vê-los nesta jornada, com o coração aberto. A alma renovada é capaz de compreender na essência o problema de cada irmão, ajudando-os a reencontrarem o próprio caminho nas lições benditas do evangelho, no exemplo de trabalho e constância que os despertarão para que trabalhem eles também em busca da própria renovação.
Abençoados sejam, obreiros meus.
Estarei sempre ao vosso lado.
Que Jesus os abençoe e ampare na grandiosa missão que abraçais presentemente.

Muita Paz!
Joseph Gleber

Nenhum comentário:

Postar um comentário